DDS Online

Como dar a ré no carro com Segurança

Dedicamos o diálogo de hoje para falar sobre uma determinada manobra da direção que é muito importante - a marcha à ré.

Talvez vocês estejam se perguntando por que vamos dedicar um tempo tão valioso para falar de algo aparentemente tão fácil e simples que é a marcha à ré. Se analisarmos devidamente a forma em que realizamos esta manobra, daremos conta que em muitas oportunidades não a fazemos devidamente e que cometemos muitos erros que podem provocar resultados indesejáveis como são os acidentes.

{Leia também: Como dirigir com segurança nas estradas}

Muitos de nós sabemos dirigir e efetuamos esta manobra sem pensar muito nela, mas isto não implica necessariamente que a realizamos adequadamente do ponto de vista da direção defensiva e da prevenção de acidentes.

Devemos evitar a manobra de marcha à ré sempre que for possível já que é uma marcha perigosa e pode se tornar em algumas ocasiões ainda mais difíceis e complicadas. Ao realizar a marcha à ré devemos sempre levar em consideração o tamanho do veículo que conduzimos o tráfego que existe na área, tanto de veículos como de veículos industriais, pessoas e outros obstáculos típicos do dia-a-dia. Existem casos que não temos alternativa, a não ser realizar manobra em ré.

Para estes casos devemos estar preparados, o que significa que devemos conhecer algumas dicas que existem para realizar esta manobra adequadamente:

1º - Observar o panorama: Primeiramente antes de começar a dar a ré, devemos observar muito bem o panorama, ou seja, o meio em que nos encontramos. Não devemos limitar a olhar pelo espelho retrovisor ou pela janela, devemos até sair e caminhar ao redor do veículo caso seja necessário, para comprovar que não há objetos, obstáculos, pessoas ou crianças abaixadas ao redor do veículo por exemplo.

2º - Olhar para trás por cima do ombro: Uma vez dentro do veículo devemos olhar para trás, sobre os ombros para certificarmos de que não haja nenhum perigo e desta forma podemos observar a direção em que nos movemos e manter o controle da situação.

3º - Recuar lentamente: Enquanto recuamos devemos ir lentamente porque o veículo se comporta diferentemente quando se move para trás e podemos perder o controle do veículo. Se recuarmos rapidamente podemos correr o risco de cometer erros graves ao calcular a distância.

4º - Vigiar ambos os lados: À medida que recuamos, devemos vigiar ambos os lados e não depender dos espelhos retrovisores para calcular a distância. Às vezes é necessário que olhemos através das janelas, atrás e na frente.

5º - Verificando a marcha ao ligar o veículo: Quando for sair com o carro não se esqueça de verificar em qual marcha você deixou engatado. Pois, alguns motoristas se esquecem de desengatar a marcha à ré e aceleram pensando que o carro está engatado na primeira marcha e aí podem correr o risco de bater no carro estacionado atrás ou em algum obstáculo. Sempre verifique em qual marcha você deixou o carro engatado.

6º - Utilizar um guia confiável quando seja necessário: Mesmo tomando todas as medidas acima você ainda não se sentir confortável em realizar a manobra de marcha à ré, solicite a ajuda de outra pessoa que servirá como seu guia do lado de fora do veículo. Esta pessoa deverá se posicionar em um local seguro para lhe orientar.

Não pense que para ser um bom motorista você precisa dirigir com perfeição, o mais importante é que você realize cada viagem sem acidentes, sem infrações de trânsito, sem abusos na velocidade máxima permitida, sem atrasos de horários e sem faltar com a cortesia devida.

Dirija de modo a evitar acidentes apesar das ações incorretas dos outros e das condições adversas. Pense no que vai acontecer, ou no que poderá acontecer, com maior antecedência possível. Não se convença de que “VAI DAR TUDO CERTO”. Aja a tempo, seja cauteloso e espere a sua vez.

Uma vez que conhecer o perigo saberá que defesa deverá empregar. Jamais assuma uma atitude de “esperar” para ver o que acontece.

{Confira outros temas de DDS na categoria trânsito}

Você está aqui: Home Categorias Trânsito Como dar a ré no carro com Segurança