DDS Online

Conhecendo a CIPA - o perfil ideal do Cipista

Nunca foi tão relevante como na atualidade o foco na segurança no ambiente corporativo! Já dizia o antigo ditado popular que a vida não tem preço e que investir em segurança não é caro, porque a vida é o nosso maior patrimônio. Não é verdade?

Raciocinando em torno desses valores, como Cipista, vamos destacar nesse DDS, o valor que a CIPA representa para os trabalhadores e os objetivos na empresa. Inicialmente, definimos CIPA, como Comissão Interna de Prevenção de Acidentes. A NR (norma regulamentadora) que rege diretrizes e atribuições para a CIPA é a NR-05.

COMO ORGANIZAR A CIPA EM SEU TRABALHO?

A lei estabelece que em uma unidade os trabalhadores concursados, celetistas, estatutários, os contratados em caráter emergencial para atender necessidade temporária, os empregados de empresas prestadoras de serviços e os empregados que exercem cargos de livre provimento em comissão podem participar ativamente na CIPA.

O perfil ideal do cipistaA lei estipula 01 (um) membro para cada 20 servidores, tendo no mínimo 4 (quatro) e no máximo 26 (vinte e seis) servidores. Entretanto, há algumas considerações: caso uma unidade tenha que ter quatro titulares eleitos deverá em igual número ter mais 4 suplentes eleitos, os demais entram na lista de votos na ordem decrescente, aguardando vacância dos titulares e suplentes. As unidades com menos de 20 servidores será atendida pela unidade da qual é vinculada.

IMPORTANTE: A CIPA se reunirá uma vez por mês, em local previamente combinado e durante o horário normal de expediente. Poderão fazer reuniões extraordinárias em situações atípicas. Organizarão a reunião com pautas definidas ou não. Digno de ressaltar é que o plano de ação para a sua gestão é estratégica para o rumo das melhorias. Todas as ações estratégicas avaliadas e aprovadas pela comissão deverão ser registradas em atas. Os cipistas ou cipeiros eleitos gozarão de estabilidade por 02(dois anos).

Dentre os vários objetivos da CIPA, podemos citar:

Identificar os riscos em potencial no ambiente de trabalho;

- Estabelecer um plano de ação preventiva dos acidentes;

- Realizar inspeções de segurança no ambiente de trabalho;

Divulgar aos demais empregados informações relativas à segurança e à saúde no trabalho;

Promover anualmente a Sipat (Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho) visando ações de neutralização dos acidentes.

PERFIL DE UM CIPISTA OU CIPEIRO:

1- Conhecer seu ambiente de trabalho, tendo visão geral dos riscos da área;

2 - Detectar as fontes de risco e propor as medidas neutralizadoras de controle;

3 – Ser exemplar em conhecer as normas de segurança e aplicá-las;

4 – Demonstrar iniciativa, ser proativo e buscar apoio na solução dos riscos;

5 – Ser observador e ter espírito de equipe, interagindo em conjunto visando às melhorias e medidas para a saúde e segurança dos trabalhadores.

REFLETINDO: Trabalhador ajude a CIPA a promover ações de prevenção dos acidentes em sua área de trabalho e na eleição, vote e participe. Sua participação é importante neste processo. Pense nisso! Você também faz parte do processo!

Autor e Colunista: Marcos Paixão Lemos - Cipista na Vale S/A

Você está aqui: Home Categorias Segurança Conhecendo a CIPA - o perfil ideal do Cipista