DDS Online

Condições básicas para situações de emergência utilizando um barco

Muitas empresas estão localizadas próximas a um rio e umas das preocupações básicas estão relacionadas com a preservação do meio ambiente. Hoje todas as empresas estão voltadas a garantir a sustentabilidade e ter a prevenção para situações de emergências e para isso possuem barco para fazer o monitoramento nas margens do rio. Portanto segue aqui algumas dicas de como realizar este monitoramento com segurança:

Nota 1: Neste DDS não vamos entrar em consideração com relação a utilização do moto de popa o qual será abordado em próximo DDS. Conhecer o como fazer é importante para toda a sua vida.

1 – O barco deve estar em boas condições de navegação: Não pode estar amassado/batido, não pode apresentar rachaduras em sua estrutura o que possibilita entrada de água (afundamento).

2 – A pessoa que ira pilotar o barco deve ter carteira de habilitação (Arrais) para condutores de barco, aprovada, com validade e autorizada pela Marinha do Brasil, e ainda ter o conhecimento do leito e margens do rio onde fará o monitoramento.

Nota 2: Pessoas que nunca adentraram em um barco não devem participar de atividades náuticas sem antes ter treinamento teórico sobre o assunto (prática náutica).

2.1 – Para os casos de conhecimento do leito de um rio deve considerar:

2.1.1 – Conhecer o leito do rio (seu corredor principal).

2.1.2 – Pontos onde o rio possui poços.

2.1.3 – Pontos onde existem pedras, lajes.

2.1.4 – Pontos onde existem corredeiras, quedas d’água e onde passar.

2.1.5 – Conhecer a profundidade do rio, visando à navegação com segurança.

2.1.6 – Conhecer possíveis pontos onde existam árvores derrubadas.

2.1.7 – Conhecer as margens do rio onde é possível ancorar o barco com segurança.

2.1.8 – Conhecer outros rios, córregos que deságuam neste rio.

2.1.9 – Conhecer a vegetação ao redor e as margens do rio.

Não podemos considerar que para colocar um barco nas margens do rio seja tarefa tão simples. Para colocar um barco nas margens de um rio é necessário que exista uma carreta que facilita a manobra, porem temos que ter o cuidado de estar descendo com a carreta em local seguro (por exemplo: uma rampa de alvenaria e/ou ainda uma rampa natural sem obstáculos com inclinação máxima de 30 graus).

Quando colocamos o barco sobre as águas do rio muitas vezes não levamos em consideração as regras e os limites existentes entre a natureza e o homem. Por isso é muito importante o planejamento e a preparação dos materiais necessários para a navegação.

Devemos lembrar sempre de que o barcos não deve ser colocado sobre as águas de um rio, lago, represa, mar em dias onde existe a possibilidade de chuvas ou tempestade, ficando este sobre a espreita de raios, ventos fortes.

O condutor do barco deve estar preparado para as condições dispostas acima visando segurança física e patrimonial, pois qualquer desvio pode ocorrer um acidente inesperado causando um desconforto para todos. A capacidade máxima de tripulantes para este monitoramento deve ser de 6. O barco adequado para esta atividade deve ser o de 6 metros com borda alta.

O condutor deve conhecer as regras básicas relacionadas com os primeiros socorros. No barco além de se manter sentado (nunca em pé) os tripulantes devem também se manter estáveis não vindo a fazer manobras físicas no interior do barco (movimentar-se sem autorização ou comunicação), pois qualquer movimento inesperado o piloto do barco pode não ter a sorte de manobrar o barco adequadamente vindo a virar o barco. Deve ter sempre o cuidado com a estabilidade do barco, pois a má distribuição dos pesos poderá inclinar e pela ação da gravidade virar o barco.

É de extrema necessidade para realizar uma atividade de situação de emergência utilizando que no interior do barco as pessoas estejam utilizando colete salva-vidas (recomendado pela Marinha do Brasil), estejam vestindo roupas leves (dar preferência para shorts e camiseta regata), e no interior do barco estejam disponíveis: 3 remos, extintor de incêndio, bóia circular com 20 metros de retinida e ancora.

Seguindo as orientações e cuidados citados acima podemos nos cercar de segurança.

Com as águas de um rio não podemos brincar, pois todo cuidado é pouco.

***Sempre que praticar alguma atividade náutica, lembre-se que a água faz bem para a saúde interior e exterior para o ser humano, portanto faça com muita consciência e segurança***.

Fotos: vejam abaixo algumas fotos de treinamento usando barco.

Foto de operação de segurança usando barco

Foto de operação de segurança usando barco

Foto de operação de segurança usando barco

Autor: Andre Mauricio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Você está aqui: Home Categorias Segurança Condições básicas para situações de emergência utilizando um barco