DDS Online

Brincadeiras Demais Atrapalham!

Além de gostoso, é necessário que as pessoas se deem bem no ambiente de trabalho.

A amistosidade e o companheirismo no dia a dia são muito importantes para os trabalhadores, os gestores e até mesmo para o sucesso da própria empresa.

Contudo, é preciso ter limite – brincadeiras demais atrapalham!

E pior: elas podem colocar em risco a sua saúde e integridade física, bem como a sua própria vida. Você sabe quando parar?

O seu espaço acaba quando o espaço do outro começa

Você já deve ter ouvido essa frase, não é mesmo? Apesar de muito comum e conhecida, ela se encaixa perfeitamente aqui, nesse diálogo de segurança.

Passamos em torno de dez horas diárias em nosso trabalho, convivendo diariamente com pessoas diferentes que nós. Muitas dessas pessoas acabam se tornando colegas de trabalho e outras até mesmo se tornam nossos amigos. E isso é saudável.

Ter amizades e contatos em nosso trabalho é fundamental para que o dia passe bem e que sempre tenhamos ajuda quando preciso, além de não nos sentirmos tão deslocados.

Mas é nessas horas que começa o perigo das brincadeiras descontroladas. E é com elas que devemos tomar cuidado!

Quando a brincadeira sai do limite

É muito difícil que saibamos quando a brincadeira vai sair do limite, não é mesmo? Às vezes basta uma piada e o colega já se ofende e fica chateado.

Mas e se a brincadeira for além?

Infelizmente, ainda acontecem acidentes de trabalho que envolvem brigas entre colegas de trabalho e após realizar a investigação de acidentes podemos notar que muitas delas começam com discussão após palavras serem mal colocadas ou entendidas ou mesmo agressão física por outros motivos, como uma ofensa - às vezes pode ser que a pessoa que fez a piada não teve a intenção de ofender, mas a pessoa que recebeu a piada se ofendeu.

Outros acidentes acontecem envolvendo atitudes simples do dia a dia que podem ser evitadas. Você sabe quais são?

1 – Brincadeiras com ferramentas de trabalho;

2 – Colocar as ferramentas de trabalho do colega em lugares altos ou muito baixos, de difícil acesso;

3 – Trocar as ferramentas que devem ser usadas por outras que estão na manutenção para pregar uma peça no colega;

4 – Correr em corredores ou pela linha de produção;

5 – Utilizar o ar comprimido para provocar o colega ou virá-lo contra seu próprio rosto ou roupa;

6 – Esconder EPI’s ou ferramentas de trabalho do colega;

7 – Mover cadeiras ou bancos antes de o colega se sentar, causando tombos e ferimentos.

Como você pode notar, existem diversos tipos de brincadeiras ou peças que você pode pregar em seu colega de trabalho e acabar levando a um acidente grave. Alguns desses acidentes podem causar ferimentos sérios e causar problemas maiores.

Você consegue pensar em mais alguns?

O que fazer se estiver passando por essa situação

Se você estiver sendo alvo de brincadeiras em excesso por parte de seus colegas de trabalho ou estiver estressado, é importante que você explique isso a seu colega. Esse é o primeiro passo: mostrar a ele que a brincadeira não está mais sendo saudável ou construtiva, que não existe mais diversão.

Caso ele persista, informe a seu supervisor ou se preferir ao Técnico de Segurança do Trabalho. Faça o mesmo se você perceber que alguém está passando por essa situação.

Brincadeiras demais atrapalham!

Você está aqui: Home Categorias Segurança Brincadeiras Demais Atrapalham!