DDS Online

Qualidade de vida no trabalho é possível a partir do seu estilo de vida

Frequentemente as pessoas trabalham com o único objetivo de ter uma receita. Entretanto, são sempre mais produtivas quando sentem que estão realizando um trabalho de valor, que contribuem para algo maior.

Nós todos já nos deparamos com pessoas assim. São motivadas, com bastante energia, com objetivos definidos, e felizes. Não ficam doentes e suas atitudes tem um impacto bastante positivo nos outros empregados. São saudáveis em termos físicos, emocionais e espirituais.

Uma política voltada para a qualidade de vida está baseada na premissa de que, para onde for à mente, o corpo irá atrás. Ela reconhece o papel que a saúde representa na vida das pessoas.

Os programas de qualidade de vida e promoção da saúde nos locais de trabalho estão se tornando parte integrante da cultura das organizações. Nos últimos cinco anos, o tema “qualidade de vida” tem sido fortemente discutido, tanto do ponto de vista empresarial como do individual e do comunitário.

Dados estatísticos mostram a importante contribuição e o forte impacto que esses programas têm causado. É inegável que, principalmente do ponto de vista individual, existe uma consciência mais clara deste tema. Hoje, vemos com frequência nos veículo de comunicação – jornais, tevê, publicações específicas – temas relativos à alimentação adequada, sedentarismo, equilíbrio pessoal, gerenciamento de tempo, estresse, saúde cardiovascular, meio ambiente, relacionamento saudável etc. As pessoas estão mais atentas ao próprio estilo de viver e questionam mais a qualidade de sua vida.

Sabemos que a boa saúde é fortemente influenciada pelo estilo de vida, e este afeta diretamente nossa qualidade de vida.

Apesar da amplitude do conceito, viver com qualidade de vida é saber manter o equilíbrio no dia a dia, procurando sempre melhorar o processo de interiorização de hábitos saudáveis, aumentando a capacidade de enfrentar pressões e dissabor e vivendo mais consciente e harmônico em relação ao meio ambiente, às pessoas e a si próprio.

Baseado nestas noções pode-se dizer que saúde é o resultado do gerenciamento adequado das áreas física, emocional, social, profissional, intelectual e espiritual. Cada uma destas áreas contribui de modo importante para a formação da saúde total, podendo ser abordada a partir de diferentes enfoques:

As seis dimensões da saúde

• Saúde Física – composta principalmente do quadro clínico do indivíduo, acompanhado de alimentação adequada, práticas saudáveis e uso correto do sistema médico.

• Saúde Emocional – envolve desde uma adequada capacidade de gerenciamento das tensões e estresse até uma forte autoestima, somadas a um nível elevado de entusiasmo em relação à vida.

• Saúde Social – os fatores preponderantes são: alta qualidade dos relacionamentos, equilíbrio com o meio ambiente e harmonia familiar.

• Saúde Profissional – composta de uma clara satisfação com o trabalho, um desenvolvimento profissional constante e reconhecimento das realizações nas funções exercidas.

• Saúde Intelectual – utilizar a capacidade criativa sempre que possível, expandir os conhecimentos permanentemente e partilhar o potencial interno com os outros são os principais caminhos.

• Saúde Espiritual – ter um propósito de vida baseado em valores e ética, acompanhados de pensamentos positivos e otimistas.

Cabe a nós a responsabilidade pela manutenção da própria saúde e do bem-estar. O estilo de vida que levamos é o principal responsável por atingirmos os 70 anos do modo mais saudável possível.

Isso mostra que saúde e qualidade de vida dependem principalmente da capacidade individual de gerenciamento dos hábitos do dia a dia.

Podemos ter 50 anos de idade cronológica e ter a idade biológica de um indivíduo de 35 ou de 65 anos. Tudo depende de nosso estilo de vida.

Você está aqui: Home Categorias Saúde Qualidade de vida no trabalho é possível a partir do seu estilo de vida