DDS Online

Como prevenir problemas com a voz

A voz é um dos principais meios de interação e comunicação entre os seres humanos. Ela é a responsável por dar vida às palavras, transmitir pensamentos, conceitos, técnicas, etc. Pode-se considerar a voz como o som resultante das vibrações das pregas vocais, mais conhecidas como cordas vocais, provocada pela passagem do ar pela laringe, no momento em que as duas cordas se aproximam.

O som, para ser produzido na laringe, depende de um mecanismo cerebral, que manda a informação necessária para vibrar as corsas vocais. O combustível para que essa vibração aconteça é o ar proveniente dos pulmões.

É de conhecimento de todos a importância da preservação da voz. E para isso, alguns cuidados são necessários. É através da higiene e saúde vocal, que nos são informadas algumas noções básicas para auxiliar a preservação da saúde vocal e prevenir o aparecimento de alterações e doenças.

Essa preocupação é dirigida para todos, principalmente aqueles que utilizam mais a voz ou que apresentam tendências a alterações vocais. Ou seja, os profissionais da voz, pessoas que necessitam da voz como meio de trabalho. São alguns exemplos: professores, palestrantes, cantores, atores, advogados, etc.

Há ainda, alguns fatores de risco que devem ser considerados, como: fumo, álcool, poluição, drogas, alergias, hábitos vocais inadequados, uso do ar-condicionado, alimentação inadequada, falta de repouso adequado, alterações hormonais e medicamentos. Esses fatores atuam como favorecedores ou agravantes dos problemas relacionados com a voz.

Uma das causas mais frequentes de alterações na voz está relacionada a infecções respiratórias superiores, como uma gripe ou crise de alergia.

Muitas vezes a pessoa fica constipada, fazendo com que as cordas vocais fiquem edemaciadas, prejudicando a vibração. Mas problemas desse tipo são resolvidos com repouso vocal.

A falta de conhecimento de muitas pessoas sobre os cuidados que a voz necessita, pode desencadear doenças na laringe como edemas, nódulos, úlceras de contato entre outras. Alterações na voz afetam a vida pessoal, social e, sobretudo a profissional, para aqueles que precisam da voz para trabalhar.

Veja agora de que forma você pode prejudicar a sua voz. Aprenda o que não deve ser feito, para agir corretamente!

- Gritar demais, tossir ou pigarrear constantemente, falar em ambientes ruidosos ou abertos, utilizar tom grave ou agudo demais, falar muito durante gripes ou crises alérgicas, fumar, ingerir álcool em excesso, etc.

Então, de que forma podemos prevenir os problemas vocais?

- Beba água! Ela é a responsável por hidratar as cordas vocais.

- Não fume. O tabaco é capaz de provocar câncer de laringe e pulmão.

- Procure ingerir frutas e sucos de frutas cítricas, como laranja, limão, maça, etc.

- Articule bem as palavras quando estiver falando.

- Boceje! Esse mecanismo funciona como relaxante.

- Não grite ou sussurre. Fale normalmente. Usar a voz num tom diferente do habitual é um esforço muito grande (e desnecessário) para as cordas vocais.

- Preste atenção na sua respiração. Respire pelo nariz.

- Tire do cardápio alimentos que causam azia e má digestão, pois geram suco gástrico que provoca irritação nas cordas vocais.

- Se estiver rouco, e esse quadro persistir por mais de 15 dias, procure um médico.

- Não tussa ou pigarreie constantemente.

- Mantenha a postura correta enquanto se trabalha com a voz. Alinhe o eixo cabeça, pescoço e costas de forma relaxada.

Em caso de dúvidas não hesite em procurar um médico. Nesse caso específico, o especialista que irá melhor auxiliar em relação ao problema é um Otorrinolaringologista.

Não vacile! Fale menos para falar melhor!

Você está aqui: Home Categorias Saúde Como prevenir problemas com a voz