DDS Online

Lixo tecnológico

Quando uma pilha ou uma bateria acaba, qual é a tendência se a pessoa não tiver informação?

Jogar no lixo comum.

Mas pilhas, baterias, lâmpadas florescentes possuem produtos químicos na sua composição.

Quer dizer, uma pilha ou uma bateria em um aterro sanitário, ou jogadas em um local público, com a ação do tempo acabam se decompondo e os produtos químicos entram no solo, contaminando-o.

Por tabela, contaminam também os corpos hídricos e acaba alcançando a cadeia alimentar.

Por isso é importante que pilhas, baterias e lâmpadas tenham uma destinação separada do lixo comum.

O lixo comum (papel, vidro, plástico, metal) já é separado através da coleta seletiva e depositado cada qual em seu recipiente específico.

E o lixo tecnológico, aquele que contém produtos químicos na sua fabricação, também tem uma destinação correta.

Lixo TecnológicoDeve ser tratado de forma diferente para não expor os trabalhadores a riscos.

Jogue o lixo tecnológico nos recipientes próprios para cada tipo de lixo.

Cada cor de recipiente representa um determinado tipo de lixo.

Por exemplo:

• Amarela: metal;

• Verde: vidro;

• Azul: papel;

• Vermelho: plástico.

Dessa forma, com a implantação da coleta seletiva, o lixo tecnológico não pode ser misturado com o lixo que tem a capacidade de ser reutilizável.

Ensine técnicas de reaproveitamento do material reciclável e deixe a criatividade fluir!

A Resolução CONAMA nº257 / 1999 é a lei que define qual a destinação adequada para pilhas e baterias.

Você está aqui: Home Categorias Meio Ambiente Lixo tecnológico