DDS Online

Sacolas plásticas: Ontem meu bem, hoje meu mal

Na década de 70, o Brasil começou a receber produtos feitos de um material, que por definitivo, iria mudar a vida de todos. Produto que seria: útil, versátil, inovador e sem falar, revolucionário.

A produção, cada ano que passava, foi aumentando. O surgimento de vários modelos, cores, texturas e as mais variadas utilidades foram inventadas e adequadas a este produto.

Produtos que antes encontrávamos confeccionados em penas um tipo de material, também foi aos poucos, dando espaço a este que se tornava a estrela do momento e acessível a todos: O plástico.

Infelizmente, a chegada deste poderoso e revolucionário material, não só transformou a vida de muita gente mais fácil, como trouxe para o dia a dia as sacolas plásticas, que vemos em toda parte. Ela freqüenta classes sociais altas e baixas, lugares públicos e privados.

A utilização das sacolas plásticas foi se tornando tão comum que a sua versatilidade se tornou um mau para todos. Antes moda, hoje ultrapassado. A sacola plástica aos poucos foi se revelando uma vilã dos anos 2000. A sua presença não é mais tão solicitada, pois em vez de contribuição como antes, agora destruição.

Não podemos negar que sua presença marcou nossas vidas e marcará por muitos anos. Se não fizermos alguma coisa para a expulsarmos de nosso meio ambiente. Seremos massacrados por ela e ela tomará conta de tudo e podendo matar muitos.

Já existem relatos de que, por causa dela e de outros produtos feitos pelo mesmo material: ”PLÁSTICO”, 1 milhão de aves marinhas morrem por ano, sem falar que uma apenas uma sacolinha demora 1000 anos para se decompor.

Que o petróleo utilizado para fabricação de uma sacola, se colocado em um carro, faz com que ele percorra 115 metros e se gasta mais energia na fabricação de novas sacolas do que em sua reciclagem que é 70% menos.

Seu rastro tem sido mostrado por televisão, rádio e internet, a destruição que tem causado a população mundial é assustadora e não podemos mais aceitar este envolvimento com a humanidade e a natureza. Chega! Basta de sacolas!

Não agüentamos mais elas entupindo nossos esgotos, matando animais, poluindo o nosso planeta. Só depende de nós, para isso ter um fim e ainda salvar o eco sistema.

Precisamos nos unir para retirar das ruas, as sacolas de plástico que nós mesmos espalhamos.

Vamos usar a nossa imaginação para reutilizar as sacolas em nosso dia a dia.

Quando for ao supermercado, procure levar sua sacola reciclada, assim você estará diminuindo o consumo das sacolas plásticas.

Podemos com uma atitude apenas por dia, colaborar com a natureza e salvar o planeta. A consciência de cada um que é o ponto principal deste movimento pela vida. Não basta falar, temos que fazer descruzar os braços e por a mão na massa, pois a consequência não vem apenas para uma pessoa, vem para todos.

Não fique parado olhando os outros fazerem, faça você também algo pela sua vida e dos que te cercam. Não seja egoísta.

Esse tema de DDS foi gentilmente enviado por nossa leitora Marcia Almeida.

Você está aqui: Home Categorias Meio Ambiente Sacolas plásticas: Ontem meu bem, hoje meu mal