DDS Online

Segurança Durante a Poda de Árvores

Para manter sua segurança em uma poda, deve-se inicialmente fazer uma análise dos riscos existentes na execução do trabalho, tais como a presença de insetos ou energia elétrica.


Feito isso, deve-se isolar a área com cones e sinalizar a poda com fitas e placas, para que os galhos quando cortados não atinjam pedestres ou objetos no entorno.


No caso de galhos no meio de fios de energia elétrica, deve-se solicitar o desligamento dos fios e evitar a presença de água ou outro condutor elétrico.


Os equipamentos de proteção individual são indispensáveis em todos os tipos de operação. No caso de poda de árvores, você deverá utilizar:


• Óculos;

• Capacetes com fixação no queixo;

• Cintos de segurança;

• Luvas de couro;

• Sapatos de borracha com solado rígido e reforçado;

• Protetores para os ouvidos.

Os auxiliares de solo devem utilizar coletes refletores.

Para uma poda eficiente, as ferramentas e equipamentos que serão usados pelo operador devem estar em bom estado de conservação e uso, além de estar dentro das normas técnicas. Para tal, recomenda-se utilizar produtos de qualidade.

Outro ponto importante é que o trabalhador deve manusear corretamente as ferramentas, garantindo sua segurança e a do entorno.

Veja qual ferramenta é usada nas situações abaixo:

• As tesouras de poda são utilizadas para o corte de ramos ainda ligados às árvores, sendo específicas para os ramos pequenos de até 1,5 cm de diâmetro.

• Para ramos de até 2,5 cm, recomenda-se a utilização do podão, que pode ser utilizado para podar galhos de até 6 metros de altura.

• As serras manuais são ideais para podar ramos pequenos, com diâmetros de 2,5 a 15 cm.

• Os motosserras são usados em galhos com diâmetro superior a 15 cm e devem ser executados por operadores capacitados e treinados. Nesse caso, o protetor auricular é muito importante.

• O machado, foice e facão só devem ser utilizados para o corte dos ramos que foram podados e já estão no chão, para diminuir o volume.

• A corda sisal é a mais indicada para garantir segurança ao podador em operações em copas de árvores, onde é difícil se apoiar com segurança. Ela é fixada no cinto do operador, presa a um galho superior firme e sustentada no solo pelo auxiliar.

• Ao efetuar cortes em alturas mais elevadas o podador precisa manter-se apoiado em escadas, andaimes ou plataformas elevatórias que facilitam a aproximação aos ramos a serem podados.

Para que a poda seja realizada em logradouros públicos é importante atender à legislação vigente.

Seguindo à risca as orientações, a poda será feita com qualidade e a segurança do trabalhador estará garantida.

Você está aqui: Home Categorias Meio Ambiente Segurança Durante a Poda de Árvores