DDS Online

Conheça os riscos da poeira na construção civil

Os locais de trabalho podem conter agentes nocivos em sua atmosfera, atacando assim o aparelho respiratório dos trabalhadores e contribuindo para o desenvolvimento de doenças ao longo do tempo.

Hoje iremos focar este gênero, no ambiente da construção civil que é um dos segmentos com mais riscos a acidentes.

Os locais em que tem atividade de obras de construção podem ter gases, poeiras, vapores e fumos. Alguns deles podem deixá-lo doente ou até mesmo matá-lo, se você respirar. 

As poeiras podem levar anos para deixá-lo doente.

Por exemplo: o amianto ao longo do tempo pode causar câncer de pulmão e asbestose.

Hoje no Brasil é proibido o uso do composto amianto, porém, na ocorrência de demolição é possível encontrá-lo em partículas respiráveis.

Temos também a poeira sílica que quando respirada ao longo do tempo causa a silicose.

A sílica (dióxido de silício) é uma substância que se encontra naturalmente em certos tipos de pedra, areia e argila.

O manuseio desses materiais pode criar um pó muito fino, conhecido como sílica cristalina respirável, que pode ser facilmente inalada.

Silicose é uma doença pulmonar incurável causada pela inalação de grandes quantidades de pó de sílica, geralmente ao longo de um período de muitos anos.

Essa doença pode aumentar o risco de outras doenças graves em desenvolvimento, como artrite, doença renal, doença pulmonar crônica, tuberculose e câncer de pulmão.

Nas construções atuais, é comum a utilização de drywall.

O que poucos sabem qé que ao lixar esses materiais os trabalhadores entram em contacto com altas concentrações de poeira.

Inicialmente, a exposição a esses poluentes podem provocar irritação nos olhos, nariz, e garganta, mas ao longo do tempo, os sintomas pioram inflamando a garganta, contribuindo para o surgimento de tosse, gerando produção de catarro e dificuldades respiratórias similares à asma. 

Fumantes ou os trabalhadores com condições de sinusite podem agravar os problemas de saúde. 

Agora que já conhecemos os riscos e suas consequências, cabe uma reflexão do que estamos fazendo quanto ao uso correto dos meios de prevenção.

Devemos aplicar e seguir à risca as recomendações determinadas pelos programas de segurança como PPRA, PCMSO, PCMAT, PPR e entre outros.

E tomar as medidas cabíveis de proteção, sendo que devem ser adotadas nessa ordem de prioridade:

  • 1°) Eliminação do risco;
  • 2°) Substituição do risco;
  • 3°) EPC - Equipamentos de Proteção Coletiva;
  • 4°) Sinalização/alertas ou controles administrativos.
  • 5°) EPI´s - Equipamento de Proteção Individual.

Reflexão: O sofrimento humano relacionado ao trabalho e prazos cada vez mais longos para aposentadoria é culpa dos nossos Governantes sim, por motivos inaceitáveis, mas se trabalharmos de maneira correta, seguindo todas as recomendações e exigências da segurança do trabalho, será que esta condição não seria amenizada?

Autor: Leandro Rodrigues de Barros do Vale. Técnico de Segurança do Trabalho, Bacharel em Administração e Técnico em Administração. MTE: 55029 - SP

Você está aqui: Home Categorias Construção Civil Conheça os riscos da poeira na construção civil