DDS Online

Clique para conhecer os 174 treinamentos prontos de segurança do trabalho

Temas para DDS em Categorias

Como prevenir incêndios: 5 dicas

Você já parou para pensar no quanto todos nós perderíamos no caso de um incêndio grave?

Neste DDS vamos refletir um pouco sobre esta questão.

Se nossas instalações fossem danificadas o prejuízo da empresa seria muito grande!

Isso sem contar com possíveis acidentes graves.

Dependendo do incêndio as perdas são irreparáveis.

Então temos que ter consciência do que isto significa e procurar ter alguns cuidados.

Porque o incêndio também pode ocorrer em nossas casas e, uma vez iniciado, o prejuízo certamente será grande.

Assim, o que pode ser feito em relação a incêndios?

Primeiro temos de compreender que o controle de incêndio depende de nosso conhecimento sobre algumas coisas básicas.

Para existir fogo, é necessário ter combustível, calor e oxigênio (presente no ar que respiramos).

Vamos ver exemplos e cada um desses elementos:

  1. combustível: papel, madeira, óleo, solventes, gasolina, gás, etc.
  2. calor: uma fonte de calor para aquecer os materiais que irão, em seguida, "pegar fogo"
  3. oxigênio: não há fogo sem ar. O oxigênio existe no ar que respiramos.

PENSE COMIGO:

Para acender uma churrasqueira, é comum vermos pessoas usando ventilador ou "abanando" o carvão. Isso serve para jogar mais oxigênio e acelerar a combustão.

Como prevenir incêndiosPara extinguir um incêndio, é necessário apenas remover um dos itens essenciais para sua manutenção, o que pode ser feito por:

  1. Arrefecimento - redução da temperatura e calor;
  2. Isolamento - redução ou eliminação do combustível;
  3. Sufocação - redução ou eliminação de oxigênio.

Os incêndios são classificados de acordo com o que estão queimando.

Os incêndios de classe A envolvem combustíveis em geral, como a madeira, tecidos, papel ou entulhos.

Para este tipo de incêndio usa-se a água para resfriar o material.

Os incêndios de classe B envolvem fluidos inflamáveis como a gasolina o óleo diesel, a graxa, a tinta e etc.

Para combater este tipo de incêndio, usa-se o dióxido de carbono ou pó químico seco que serão responsáveis em sufocar o oxigênio da reação.

Os incêndios de classe C envolvem equipamentos elétricos e geralmente são controlados pelo dióxido de carbono (CO2) e pó químico seco da mesma maneira que o anterior.

E como podemos evitar incêndios? 

Vamos ver alguns exemplos:

  1. Manter uma área de trabalho limpa evitando o acúmulo de entulhos;
  2. Colocar trapos sujos de óleo e tinta em recipientes metálicos tampados;
  3. Observar os avisos de não fumar;
  4. Manter todos os materiais combustíveis afastados de fornalhas ou outras fontes de ignição;
  5. Relatar qualquer risco de incêndio que esteja além do nosso controle, especialmente os elétricos.

Finalmente alguns pontos a serem lembrados:

  • Cuidado na arrumação, limpeza e ordenação de produtos inflamáveis;
  • Saiba onde estão os extintores de incêndio e o tipo de cada um onde podem ser aplicados e como operá-los;
  • Em caso de princípio de incêndio, aja imediatamente, pois debelar o fogo no seu início é mais fácil, ou procure auxílio imediatamente;
  • Use o equipamento de combate portátil para controlar o fogo até que chegue ajuda.

Com esse DDS espera-se que os colaboradores da empresa tenham um entendimento melhor sobre incêndios.

Você está aqui: Home Categorias Segurança Como prevenir incêndios: 5 dicas