DDS Online

Bem-vindo ao DDS Online!

"O trabalho enobrece o homem."

Já ouviu falar nessa frase?

Pra maioria de nós, o trabalho é a principal fonte de renda.

Com essa fonte de renda podemos manter nossa família e comprar bens materiais: casa, móveis, eletrodomésticos, carro, etc.

O trabalho também pode ser fonte de realização pessoal.

A dedicação no trabalho pode ser recompensada pelo empregador e também pelos colegas.

O bom trabalhador será reconhecido pelos seus colegas através da divulgação de boas referências.

E ter boas referências é muito importante na hora de trocar de emprego, certo ?

Então é muito importante que você deixe problemas pessoais fora do ambiente de trabalho.

E, MAIS IMPORTANTE AINDA, nunca faça uso de bebidas alcoólicas antes ou durante a jornada.

As empresas não aprovam esse tipo de comportamento.

A embriaguez no local de trabalho pode dar JUSTA CAUSA.

Imagina uma justa causa na sua carteira de trabalho?

Vamos ver um caso real ?

Empregado bebeu cerveja e levou JUSTA CAUSA

Um empregado tumultuou o ambiente de trabalho após ter ingerido cerveja no horário de almoço, tendo admitido em público tal prática.

Embriaguez no trabalho dá justa causa

Esse empregado foi demitido por JUSTA CAUSA e depois ingressou com ação trabalhista.

Lembre-se que na demissão por JUSTA CAUSA o empregado perde o direito as indenizações.

Em juízo o empregado confessou que bebia cerveja durante o horário de almoço e disse que isso não acarretava embriaguez!

Geralmente, quem bebe não admite que esse hábito altera seu estado emocional.

Quem bebe não percebe o tamanho do estrago que a bebida traz para si, para seus familiares e também para sua profissão!

O empregado perdeu na 1a instância e recorreu.

O caso foi parar no TST (Tribunal Superior do Trabalho) em Brasília/DF.

Os Ministros do TST deram ganho de causa pra empresa. No final, o empregado perdeu.

Outras práticas empresariais

Nem todas as empresas praticam a demissão com justa causa.

Empresas diferentes tem práticas diferentes para lidar com a embriaguez.

Algumas empresas prevêem o uso de teste para detectar álcool ou drogas.

E no caso de teste positivo, o funcionário é encaminhado para tratamento em clínicas especializadas.

Outras empresas podem simplesmente demitir sem justa causa o trabalhador suspeito de uso de álcool.

Outras empresas podem simplesmente mudar o horário do funcionário, quando o consumo de álcool acontece apenas em horários específicos, como nos fins de semana por exemplo.

Mas, a verdade é que nenhuma empresa vai aprovar esse tipo de comportamento.

E esse hábito é ruim pra sua profissão.

O que diz a CLT sobre embriaguez?

Vale deixar claro que a CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) prevê, no artigo 482, alínea "f", que a embriaguez é falta grave por parte do empregado, sendo este um dos motivos que constitui a extinção do contrato de trabalho por justa causa.

Quando a CLT diz que a embriaguez é motivo para justa causa, está pensando na proteção do trabalhador.

Porque em estado de embriaguez o trabalhador pode sofrer prejuízo maior que a própria demissão, por exemplo, no caso de um acidente grave que pudesse ocasionar sua própria morte.

Então, lembre-se:

O hábito de ingerir bebidas alcoólicas antes e durante a jornada, além de ser péssimo para sua reputação, também pode levar a uma demissão por JUSTA CAUSA.

Não beba antes ou durante o expediente.

Nem todas as empresas irão optar pela punição mais severa, que é a JUSTA CAUSA.

Mas o trabalho é muito importante pra sua vida.

Então cuide do seu trabalho com amor e dedicação.

Autor: Herbert Bento (Linkedin)

Fonte:

1) Bate-papo com colegas do GEST

2) http://www.guiatrabalhista.com.br/tematicas/embriaguez.htm

Você está aqui: Home